Montar HD na inicialização do sistema

Hoje vamos mostrar como montar seu HD na inicialização do sistema de forma rápida e simples, sem utilizar o terminal, apenas alguns cliques atráves de um programa. Sabemos que esse assunto já é bem comentado na internet, mas vamos mostrar o método que o próprio programa já oferece e mudaremos algumas informações apenas.

Para esse tutorial utilizaremos o Gnome Disk, um programa que faz muitas coisas que muitos não sabem. Atráves dele você consegue formatar ou criar partições, avaliar o desempenho do seu HD ou SSD, criar ou restaurar backups de seus HDs ou SSDs, e alem de tudo isso também é possível criar uma liveusb.

Agora que já apresentamos o programa, vamos para sua instalação.

Instalação.

Modo gráfico: procure e instale o pacote gnome-disk-utility.
Terminal: use os comandos abaixo conforme o gerenciador de programas utilizado.
Octopi

sudo pacman -S gnome-disk-utility

Pamac

pamac install gnome-disk-utility

Com o programa já instalado, vamos ao tutorial.

Tutorial.

Abra o Gnome Disk, selecione o HD/partição que será montado na inicialização do sistema, clique na engrenagem com a opção “Opções adicionais de partição”.

Screenshot_20181209_194137

No menu que aparecer clique na opção “Editar opções de montagem”.

Screenshot_20181209_194210

Desmarque a opção “Padrões de sessão de usuário” e “Exibir na interface do usuário”.

Em “Identificar como”, você escolhe a opção que contenha o UID.

Screenshot_20181209_195256

Em “Ponto de montagem”, você adiciona o nome da pasta onde o HD/partição será montada no lugar dos números do UID.

Screenshot_20181209_195332

Em “Tipo de sistema de arquivos”, você adiciona o tipo do sistema de arquivo que seu HD/partição se encontra (na maioria dos casos será ext4).

Screenshot_20181209_195400

E por último você altera as informações que estão logo acima de “Ponto de montagem”, adicionando “defaults” no lugar.

Screenshot_20181209_195348

Após isso confira se as informações estão corretas, aqui ficou assim.

Screenshot_20181209_195444

Agora basta clicar em OK para confirmar, é possível que pesa a senha ou não. Após estar salvo as configurações é só reiniciar.

Essa é a configuração que eu utilizo desde quando ainda utilizava Mint, Ubuntu, etc…

 

 

 

 

Caso algum programa que você goste ainda não tenha uma versão para Manjaro, por favor, escreva nos comentários o nome do programa que iremos procurar por algum equivalente ou, se possível a portabilidade para Manjaro, entraremos em contato com desenvolvedores.

Por favor, não deixe de compartilhar nas redes sociais as publicações deste blog, pois nosso incentivo para produzir um conteúdo bacana é saber que estamos ajudando pessoas a conhecer cada vez mais as funcionalidades dessa maravilhosa distro Linux.

Facebook

Twitter

Google+

Canal no Telegram

Aplicativo móvel do blog

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.