Instalação do Anbox automatizada

Nós aqui do blog sempre tentamos fazer com que as instalações dos pacotes do repositório do blog não precise de comandos de pós instalações, mas nem sempre é conseguimos isso, seja por não conhecermos ainda a forma correta de se fazer isso, ou por ser necessário algum ajuste que o usuário tem que fazer manualmente no pós instalação. O Anbox era um dos pacotes que não era automatizada a sua instalação por alguns motivos, um deles era alguns comandos, que recentemente adicionamos no processo de instalação, e diminuirão os comandos de pós instalação para somente 3.

Após adquirirmos um hardware mais apropriado para a compilação dos pacotes, acabou nos “sobrando” um tempinho, onde buscamos como automatizar os pacotes que ainda não são automatizados, e como corrigir algumas duvidas que os usuários nos enviam, seja por e-mail ou por uma de nossas redes sociais. Alguns dias atrás, utilizando esse tempo “extra” que temos agora, observamos que seria possível compilar o modulo do Anbox para cada kernel ao invés de utilizar o dkms, do mesmo processo que fizemos com o Driodcam, então começamos os ajustes dos pacotes e o processo de testes. Utilizando o processo que utilizamos para o Droidcam como base, não demorou muito para conseguirmos a automação, só precisou de alguns teste para verificar o funcionamento e como tratar o processo de instalação, atualização e remoção do pacote, acreditamos que conseguimos ajustar tudo, mas só teremos certeza após mais usuários testarem.

Como mencionamos acima, não utilizaremos mais o dkms, então o pacote anbox-modules-dkms-git será removido do nosso repositório, portanto, recomendamos que os usuário que já utilizam o Anbox, desinstalem ele e os demais pacotes relacionados com ele, reiniciem o sistema e instalem o Anbox com o novo método automatizado. No lugar do pacote anbox-modules-dkms-git, foi criado para os kernels disponíveis oficialmente pelo Manjaro, um pacote com o módulo necessário para o Anbox funcionar, assim sendo possível a automação. No momento o Anbox não está funcionando com os kernels 5.7 e 5.8, portanto os pacotes para esses kernels não foram criados ainda, se você utiliza um deses dois kernels citados, não adianta tentar instalar nesse momento pelo nosso repositório, pois você não vai conseguir utilizar o programa.

Ao instalar o Anbox do nosso repositório a partir de agora, o Pamac irá instalar o pacote com o modulo para todos os kernels que você estiver utilizando, claro que, se os kernels forem distribuídos pelo Manjaro e se houver módulo disponível para o kernel utilizado por você no momento da instalação. Abaixo está os kernels que o Anbox está funcionando no momento, se você estiver utilizando um deles e o Anbox não funcionar, verifique se o seu hardware possui os requisitos necessários pelo Anbox.

Kernels suportado no momento.

Versão do KernelNome do pacote
5.4linux54
4.19linux419
4.14linux414
4.9linux49
4.4linux44

Lembrando que, você tem que estar executando um deses kernels no seu sistema, não adianta ter eles instalados mas estar executando um kernel incompatível, o Anbox não vai funcionar assim. Você pode verificar o kernel em execução de várias maneiras, vamos mostrar duas.

Graficamente

No menu de aplicativos, na aba Configurações você deve clicar em Manjaro Settings Manager.

Manjaro Settings Manager no menu de aplicativos.

Agora você clica em Kernel.

Manjaro Settings Manager.

Verifique qual kernel está em execução.

Kernels disponíveis no Manjaro.

Terminal

Digite o comando abaixo.

uname -r

Esperamos que agora os usuários que tenham suporte consiga utilizar o Anbox mais facilmente, sem a necessidade de comandos de pós instalação, mas é sempre bom saber os comandos, algumas vezes só a tela preta (terminal) vai conseguir lhe ajudar. Os comandos estão presentes no artigo de instalação do Anbox, na configuração para quem instalar o Anbox através da AUR. Assim que o Anbox funcionar nos demais kernels, o pacote com o módulo para eles serão enviados para o nosso repositório.



Caso algum programa que você goste ainda não tenha uma versão para Manjaro, por favor, escreva nos comentários o nome do programa que iremos procurar por algum equivalente ou, se possível a portabilidade para Manjaro, entraremos em contato com desenvolvedores.

Por favor, não deixe de compartilhar nas redes sociais as publicações deste blog, pois nosso incentivo para produzir um conteúdo bacana é saber que estamos ajudando pessoas a conhecer cada vez mais as funcionalidades dessa maravilhosa distro Linux.

Nos acompanhe:

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.