Instalando o Manjaro sem um pendrive

Muitos usuários já nos perguntaram sobre como iniciar a ISO do Manjaro através do HD, para nós isso não era possível, ao menos até encontrarmos um tópico no fórum oficial do Manjaro. A nossa maior surpresa foi que, basicamente nós já informamos esse processo aqui no blog, mas na ocasião, era para o usuário que faz dual boot com o Manjaro e que quer manter o grub da outra distribuição gerenciar o grub.

Com essa configuração, você não terá aqueles problemas decorridos ao gerar a liveUSB com determinados programas, fazendo a instalação do sistema sem maiores complicações. Além de poder instalar o sistema, essa configuração pode ser utilizada para recuperar o sistema através de uma liveUSB, lhe salvando naquelas ocasiões que um pendrive não esteja disponível.

Assim como no artigo do dual boot, o arquivo mencionado abaixo, você deve criar em um sistema já existente para que isso funcione, portanto a configuração não serve se você estiver só com o Windows, é necessário de uma distribuição Linux já instalada no HD.

Como fazer isso

Salve seu arquivo ISO no diretório /miso, você também pode usar uma pasta diferente, mas precisa ajustar o caminho do arquivo de configuração de acordo com o local que você escolher. Se você usar subvolumes btrfs, você precisa incluir seu subvolume no caminho, como este /@/miso. Para você copiar a ISO para a pasta /miso, você deverá criar a pasta inexistente em seu sistema, para isso utilize o comando abaixo.

sudo mkdir /miso

Copie a ISO que estiver em seu HD com o comando abaixo, lembre-se de alterar o nome da ISO e o local onde ela se encontra.

sudo cp ~/Downloads/manjaro-kde-20.1.2-201019-linux58.iso /miso/

Crie o arquivo /boot/grub/custom.cfg com o comando:

sudo nano /boot/grub/custom.cfg

Ajuste os parâmetros de teclado, fuso horário e idioma para atender às suas necessidades. Certifique-se de que sua variável isofile corresponda ao nome e localização do seu arquivo ISO.

Adicione o seguinte conteúdo:

menuentry "Manjaro  grub_iso"  {
    set isofile="/miso/manjaro-kde-20.1.2-201019-linux58.iso"
    set dri="free"
    set lang="pt_BR"
    set keytable="br"
    set timezone="America/Sao_Paulo"
    search --no-floppy -f --set=root $isofile
    probe -u $root --set=abc
    set pqr="/dev/disk/by-uuid/$abc"
    loopback loop $isofile
    linux  (loop)/boot/vmlinuz-x86_64  img_dev=$pqr img_loop=$isofile driver=$dri tz=$timezone lang=$lang keytable=$keytable copytoram
    initrd  (loop)/boot/intel_ucode.img (loop)/boot/initramfs-x86_64.img
}

Para salvar as alterações com o editor de texto Nano, basta utilizar as teclas Crtl + O para gravar as alterações, apertar enter, e Crtl + X para sair, a primeira combinação de teclas utiliza apenas letras.

Esta entrada do menu carrega a ISO para a RAM, no entanto, também requer mais memória RAM. Se você não tem memória RAM suficiente para isso, você pode remover o parâmetro copytoram da configuração.

Atualize as informações do grub com o comando:

sudo update-grub

Se você tiver uma CPU AMD, mude intel_ucode.imgpara amd_ucode.img.

Quando você reiniciar, seu grub tem uma entrada extra que permite que você inicialize no sistema live.

Notas do blog

Nós testamos o procedimento em nosso hardware principal, não tivemos qualquer problema ao utilizar as informações mencionadas acima, mas, quando alteramos a opção set dri=”free para set dri=”nonfree, a liveusb iniciou normalmente, mas ao desligar/reiniciar, a liveusb travou e tivemos que forçar o desligamento através do botão físico. Lembre-se de trocar a ISO conforme novas versões são lançadas, assim você evita dores de cabeça, e ainda terá sempre a última versão do sistema pronta para ser instalada ou para auxiliar na recuperação do sistema.

Acreditamos que este procedimento sirva para qualquer distribuição Linux, já que ele é similar ao procedimento utilizado em outras distribuições para gerenciar o grub quando se utiliza dual boot com o Manjaro.

Fonte



Caso algum programa que você goste ainda não tenha uma versão para Manjaro, por favor, escreva nos comentários o nome do programa que iremos procurar por algum equivalente ou, se possível a portabilidade para Manjaro, entraremos em contato com desenvolvedores.

Por favor, não deixe de compartilhar nas redes sociais as publicações deste blog, pois nosso incentivo para produzir um conteúdo bacana é saber que estamos ajudando pessoas a conhecer cada vez mais as funcionalidades dessa maravilhosa distro Linux.

Nos acompanhe:

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.