Manjariando
Manjariando
Compartilhando a simplicidade do Manjaro.
Jul 12, 2019 Jul 12, 2019 2 min de leitura

Pamac 8.0.0, a lojinha está chegando?

thumbnail for this post

Artigo desatualizado

A equipe do Manjaro procura sempre dar uma boa experiência aos usuários (apesar de alguns dizerem o contrário), mesmo que muitos ainda reclamem do gerenciador de pacotes do Manjaro (a famosa lojinha), o Pamac está melhorando cada vez mais.

A nova versão do Pamac traz algumas alterações para facilitar nas buscas de programas/pacotes para instalação, contendo agora 5 opções de como será mostrado os resultados das pesquisas.

São elas:

Relevância, Nome, Data, Repositório e Tamanho.

A alteração entre as opções de todos os programas, programas instalados e as atualizações, foram movidas para a parte superior do Pamac, estando sempre disponível, independente se você está atualizando, pesquisando ou instalando um programa/pacote.

Outra alteração que foi feita, é na seleção dos programas para instalação ou desinstalação. Foi removido aquela “caixinha” de seleção e adicionado um botão em seu lugar.

Outra opção adicionada foi a possibilidade de abrir o programa através do próprio Pamac, essa opção não estará presente em qualquer programa/pacote, é necessário que o programa tenha sido devidamente configurado pelos mantedores do repositório ao qual ele faz parte (é isso que estamos ajustando em nossos repositórios).

Com essas pequenas alterações, fica obvio que o Manjaro sempre teve planos de trazer a famosa lojinha que muitos reclamam tanto (esquecendo do trabalho mais importante, o sistema). É claro que o visual ajuda, mas do que adianta ter um visual bacana, se o sistema não funcionar corretamente?

O Pamac ainda está longe de ser chamado de loja de aplicativos, mas está no caminho certo, apesar de estarmos ansiosos para que isso aconteça logo, estamos satisfeitos com o ritmo em que as coisas estão acontecendo.

Nos conte o que você achou das mudanças, e o que gostaria que fosse alterado.

Acompanhe o blog

comments powered by Disqus