Manjariando
Manjariando
Compartilhando a simplicidade do Manjaro.
Mar 23, 2021 Mar 23, 2021 2 min de leitura

Benchmark de disco com Crazy DiskMark

thumbnail for this post

Com a popularização das distribuições Linux aumentando cada dia mais, também vai surgindo novas necessidades para os usuários recém chegados e acostumados com os programas do Windows, o bom de uma parte da comunidade Linux é que, sempre existe alguém disposto em ajudar.

Com o nvme ficando cada vez mais em conta e o SSDs sendo realidade cada vez mais nos desktops dos usuários, a necessidade por um programa mais “intuitivo” para verificar a performance desses dispositivos sempre foi um assunto bastante comentado, e a preferencia dos usuários era que esse programa seguisse a base do famoso Cristal Disk.

Para saciar essa necessidade, o usuário Fred Lins, se dispôs em criar um programa seguindo a base do Cristal Disk, como os usuários sempre pediam. E para que os usuários utilizem com mais facilidade, além do tutorial, estaremos disponibilizando o mesmo em nosso repositório.

Instalação

Ajude o nosso repositório permanecer ativo e dar suporte para mais pacotes/programas, seja um apoiador.

Instalar via Repo blog

Modo gráfico: procure o crazydiskmark no Pamac, marque para instalar e clique em aplicar.

Marcar e aplicar a instalação.
Digitar a senha para a instalação.
Confirmar a instalação.
Clique na seta ao lado de Aplicar para acompanhar a instalação.
Progresso e conclusão da instalação.

Terminal: utilize um dos comandos abaixo conforme sua preferência.

Pamac

pamac install crazydiskmark

Após instalar o programa, é só encontrar o seu atalho no menu de aplicativos e utilizar. O Crazy DiskMark vem pré configurado para fazer o teste no disco onde se encontra a home do usuário, sendo necessário alterar o local se o disco que você deseja fazer o teste seja outro.

Para que o programa possa fazer o teste, é necessário que o usuário tenha permissão de leitura e escrita, já que o programa não utiliza root para operar. Se você desejar testar o disco onde encontra a raiz do sistema, será necessário criar uma pasta e dar permissão de leitura e escrita para essa pasta, de as permissões somente para essa pasta, nunca altere as permissões da raiz do sistema sem saber exatamente o que está fazendo.

Esperamos que o programa seja útil e possa lhe fornecer a informação que precisa de forma fácil e simples. Qualquer dúvida sobre o programa, entre em contato conosco.


Caso algum programa que você goste ainda não tenha uma versão para Manjaro, por favor, escreva nos comentários o nome do programa que iremos procurar por algum equivalente ou, se possível a portabilidade para Manjaro, entraremos em contato com desenvolvedores.

Por favor, não deixe de compartilhar nas redes sociais as publicações deste blog, pois nosso incentivo para produzir um conteúdo bacana é saber que estamos ajudando pessoas a conhecer cada vez mais as funcionalidades dessa maravilhosa distro Linux.

Veja também

Acompanhe o blog

comments powered by Disqus